5 de novembro de 2011

Acontece que não quero chorar nunca mais...


Acontece que quero barulho, gargalhadas e alguém pra me dizer: você fala muito.
Acontece que a monotonia dos meus (infelizes) sentimentos é exaustiva, e não quero isso pra mim.

Tenho amor próprio e isso deveria ter sido o suficiente pra me sentir bem, mas não...
Meus sentimentos idiotas me trairam. Porque é isso que eles fazem, quando sabem que não o queremos...
E... Eu chorei.
Me senti humilhada, senti pena de mim.
Mas não quero isso nunca mais.

Tenho amor próprio! Ou não?
Não quero chorar nunca mais.
Quero ser feliz sem ter que ficar pensando que a qualquer momento eu vou explodir.
Pois ontem, depois de semanas bem, eu senti uma louca vontade de chorar e meu dia acabou ali.

E eu pensei em FAMÍLIA.
Por algum motivo que desconheço... ou não...

Nenhum comentário:

Postar um comentário